Quem Somos

Com mais de 29 anos de atividade, a SOBRATEMA - Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração se dedica a propor soluções para o desenvolvimento tecnológico do setor, difundir o conhecimento e informações, participar da formação, especialização e atualização de profissionais que atuam no mercado brasileiro da construção e da mineração.

A entidade conta com o apoio de mais de 1 mil associados (profissionais e empresas de construção, de locação, fabricantes e prestadores de serviços) e de parceiros estratégicos, que englobam as principais entidades representativas de profissionais no Brasil e no exterior.

Blog da Sobratema

Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção

PESQUISAR

Publicado em 18 de janeiro de 2018 por Mecânica de Comunicação

Estudo da USP avalia alternativa para pavimentos de concreto

O Departamento de Engenharia de Transportes da Poli (USP) vem estudando desde janeiro de 2016 o uso de pavimentos de concreto continuamente armados (PCCA) em vias rodoviárias. Para a pesquisa, a técnica foi empregada em uma pista de testes construída na Cidade Universitária, com extensão de 200 m e sujeita ao tráfego intenso de veículos, inclusive ônibus. Se comprovada a eficiência do PCCA, essa pode ser uma opção além da técnica mais usada no Brasil, o pavimento de concreto simples (PCS).  
 
        Foto: Assessoria de Imprensa da Poli/USP 
 
 
Até agora, o estudo concluiu que o PCCA pode ser mais econômico ao longo do tempo, pois dispensa gastos com a manutenção frequente exigida pelo PCS, embora o custo inicial da técnica estudada seja maior, devido ao aço empregado na armadura. Outra vantagem do PCCA já descoberta pelos pesquisadores é o maior conforto oferecido aos motoristas. Isso acontece porque, ao contrário do PCS, onde são usadas placas de concreto e juntas entre elas que podem gerar desnivelamentos na pista, o PCCA garante pavimento mais linear e melhores condições para o trajeto de veículos. 

Um dos pontos principais do estudo é monitorar o comportamento do PCCA em ambiente tropical, já que o referencial teórico do método considera condições climáticas temperadas, típicas dos países onde o pavimento com armadura é mais utilizado, como EUA, Holanda e Bélgica. O bom funcionamento da armadura metálica do sistema é muito importante, pois é ela a responsável por garantir que as fissuras surgidas na superfície do concreto não aumentem com o passar do tempo.   

O estudo na pista de testes é parte da dissertação de mestrado “Análise Experimental e Analítica da Fissuração de Pavimentos de Concreto Continuamente Armados em Clima Tropical”, de autoria da pesquisadora Andréia Posser Cargnin e orientada pelo professor José Tadeu Balbo, e está disponível para download neste link.  

Exibindo 0 Comentários:

Deixe seu comentário:

Nome
E-Mail

Atenção: Os comentários aqui publicados são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores deste blog. A Sobratema reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar caluniosos, difamatórios, ofensivos ou preconceituosos, assim como, textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação de seu autor (nome completo e endereço válido de e-mail).

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj 401 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP - Telefone (11) 3662-4159 - Fax (11) 3662-2192 - sobratema@sobratema.org.br

Loading