Associação Brasileira de Tecnologia
para Construção e Mineração

Sobratema inclui novas categorias no Programa Custo Horário de Equipamentos

O Programa Custo Horário de Equipamentos da Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema) ganhou novas categorias no segmento de serviços de concretagem. No total, foram incluídas 15 categorias pertencentes a três famílias de equipamentos: autobomba de concreto com mastro de distribuição (9 categorias), bomba de concreto rebocável ou autobomba estacionária (4 categorias) e mastro de distribuição de concreto (2 categorias).

A Sobratema decidiu realizar a atualização, a fim de disponibilizar um recurso a mais para balizar esse setor, uma vez que no país, normalmente, os serviços de concretagem são precificados por metro cúbico e não por hora trabalhada do equipamento, como é feito nos Estados Unidos e em vários países da Europa. Dessa forma, a entidade está contribuindo para divulgação do conhecimento técnico e para melhorar o planejamento e a produtividade da obra.

Com essa ampliação, o programa Custo Horário de Equipamentos passa a ter 122 categorias de equipamentos distribuídas em 33 famílias, que englobam 1.222 modelos de máquinas usadas em obras de todo o país. Os associados da entidade podem acessar gratuitamente o simulador de custos, que permite a customização do cálculo de acordo com a necessidade, proporcionando, dessa maneira, a realização de várias simulações, a fim de analisar o comportamento de uma categoria de equipamentos de uma frota ou mesmo de um equipamento individualmente.

Para quem não é associado, a Sobratema disponibiliza no site oficial uma tabela resumo, com os valores médios dos insumos que integram o custo horário dos equipamentos, lembrando que esses valores refletem condições normais de operação e não englobam horas paradas ou improdutivas. A tabela também pode ser consultada nas edições da Revista M&T.