Quem Somos

Com mais de 29 anos de atividade, a SOBRATEMA - Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração se dedica a propor soluções para o desenvolvimento tecnológico do setor, difundir o conhecimento e informações, participar da formação, especialização e atualização de profissionais que atuam no mercado brasileiro da construção e da mineração.

A entidade conta com o apoio de mais de 1 mil associados (profissionais e empresas de construção, de locação, fabricantes e prestadores de serviços) e de parceiros estratégicos, que englobam as principais entidades representativas de profissionais no Brasil e no exterior.

Blog da Sobratema

Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração

PESQUISAR

dezembro 07 , 2017

Obra ressalta o pioneirismo da engenharia brasileira

A engenharia brasileira é reconhecida em todo o mundo por sua capacidade de desenvolver soluções diferentes e pioneiras para atender as diversas questões de projeto em uma obra. No caso das estruturas pré-fabricadas de concreto, o nível tecnológico vem avançando bem como as técnicas e procedimentos, que estão em perfeita sintonia com o que é feito no mundo. Por esse motivo, o sistema é versátil e está sendo aplicado nos mais diversos segmentos da construção, desde obras de pequeno porte, residenciais, industriais, de infraestrutura até as obras especiais.
 
       Foto: Carlos Gueller
 

Os benefícios da industrialização em concreto são vistas pelas construtoras como vantagens competitivas. Entre as principais vantagens da solução estão atender cronogramas ousados, utilizar materiais mais sofisticados, reduzir o impacto ambiental e, ao mesmo tempo, manter os requisitos de segurança e durabilidade das estruturas.  Por essa razão a obra vencedora do Prêmio Obra do Ano em Pré-Fabricados de Concreto, o Shopping Parque da Cidade foi todo projetado utilizando esse sistema, mesmo com o desafio de ter seis subsolos e um empuxo desequilibrado de 27 mil toneladas.  A premiação é uma iniciativa da Associação Brasileira da Construção Industrializada em Concreto (Abcic) e visa reconhecer os esforços e comprometimento do setor, dos engenheiros projetistas e dos arquitetos para o desenvolvimento do pré-fabricado de concreto no Brasil. 

Para vencer esse desafio, o engenheiro projetista de estruturas Francisco Graziano precisou estudar e desenvolver cálculos estruturais diferenciados, a fim de que a obra fosse viabilizada. Isso porque não havia nenhuma referência nacional e pouca referência internacional que pudesse contribuir e/ou ser aplicado no projeto. A obra foi inovadora a ponto de a Federação Internacional do Concreto (fib) adotar o projeto como um exemplo internacional em seu manual.

O Shopping Parque da Cidade fica situado em um empreendimento multiuso. Em uma área total construída de 65,7 mil m², é composto por seis andares subsolos de garagens, quatro pavimentos de lojas, três pavimentos técnicos e a cobertura. O principal conceito do shopping é combinar entretenimento, socialização, natureza, cultura, diversidade, conveniência e também compras.

Postado em Revista Grandes Construções

Nenhum comentário

novembro 29 , 2017

Cenário político e econômico deve melhorar em 2018

O quadro político e econômico de 2017, marcado por desafios, deve ser superado no próximo ano e alguns indícios de tal mudança já podem ser observados.     
  
O indicativo mais claro da melhora é o PIB, que cresceu em 2017 após desempenho negativo durante dois anos seguidos. Para 2018, é esperado que já no primeiro trimestre o PIB brasileiro cresça em torno de 3%. A oferta de emprego também obteve melhora durante este ano. Após anotar desempenho negativo no final de 2016 e nos meses de janeiro e maio de 2017, o saldo de emprego formal foi estabilizado a partir de julho e em outubro alcançou o número de 76.599 vagas criadas. Esse foi o melhor desempenho para o mês de outubro desde 2013. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados pelo Ministério do Trabalho.  
 
                   Foto: Reginaldo Ornellas 
 
 
O bom desempenho da geração de empregos deve continuar em 2018, acompanhando a recuperação gradual da economia. Tal recuperação é resultado do deslocamento da política, ainda cheia de incertezas, em relação ao campo econômico. Outra boa expectativa é a de investimentos em obras de infraestrutura. Recentemente, o Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) flexibilizou as condições para financiar empreendimentos destinados aos leilões de transmissão e geração de energia deste ano. As novas regras devem afetar os projetos de certames previstos para dezembro.  

Apesar das boas notícias, o Brasil ainda deve enfrentar o desafio da reforma da previdência. Caso a proposta da atual gestão não seja aprovada, o assunto deve ser alvo de medidas do próximo governo. 

A análise da situação política e econômica no Brasil foi feita pelo jornalista e economista Luís Artur Nogueira, durante o evento estratégico Tendências no Mercado da Construção. No evento também foi lançado o novo Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção e divulgados os homenageados do Destaque Pós-Venda 2017.

Postado em Sobratema Eventos

Nenhum comentário

novembro 23 , 2017

Crescimento da economia depende de investimentos em infraestrutura

O Brasil passa por desafios na economia e na política. Mas, essas incertezas nas duas áreas não são exclusividades do cotidiano brasileiro, e fazem parte de uma conjuntura global, atingindo até mesmo grandes potências mundiais, como os Estados Unidos e a China.

A agenda econômica protecionista do atual presidente norte-americano, Donald Trump, deixa muitas nações em estado de apreensão; a China, por sua vez, já não cresce tanto quanto há alguns anos, tendo passado de 10% para 6% referentes ao crescimento anual. Entretanto, o desempenho econômico do país asiático ainda é sólido porque, entre outras razões, o governo chinês segue investindo em obras de infraestrutura. 
 
        Foto: Reginaldo Ornellas 
               Economista Luís Artur Nogueira em palestra sobre o cenário político e a conjuntura econômica

Essa receita também vale para o Brasil e pode acelerar ainda mais uma recuperação que já se traduz por meio do crescimento do consumo, da produção do agronegócio e do PIB, que deverá crescer em 2017, após dois anos de crescimento negativo. Medidas já foram tomadas pelo governo federal com a intenção de ampliar o investimento em infraestrutura. Trata-se do Projeto Avançar, pacote anunciado recentemente que irá investir cerca de R$ 130 bilhões no setor entre 2017 e 2018. O montante reúne investimentos da União, estatais e financiamentos de bancos públicos. 

O maior orçamento do pacote é referente ao Avançar Energia, com 97 projetos, entre leilões de geração, transmissão e ofertas de petróleo e gás.  Outra parte do plano é o Avançar Cidades, que prevê aproximadamente R$ 30 bilhões em empréstimos a serem tomados pelo setor privado junto aos bancos públicos. 

Essas informações foram divulgadas pelo jornalista e economista Luís Artur Nogueira, durante o evento estratégico Tendências no Mercado da Construção, que também lançou o novo Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção e divulgou os homenageados do Destaque Pós-Venda 2017. 

Postado em Revista Grandes Construções, Sobratema Eventos

Nenhum comentário

novembro 16 , 2017

Atividade do pós-venda no setor de equipamentos é premiada

Considerada estratégica, a área de pós-venda de equipamentos voltados para construção contribui na continuidade, efetividade e produtividade da operação em obras comerciais, industriais, residenciais e de infraestrutura. Por sua importância, há três anos, o Núcleo Jovem da Sobratema homenageia os esforços e os investimentos realizados pelos fabricantes, em conjunto com seus distribuidores, para oferecer um serviço e um atendimento de excelência nesse segmento.
 
                     Foto: Reginaldo Ornellas 
 
 
Neste ano, foram onze empresas homenageadas em quatro diferentes categorias: equipamentos para terraplenagem, equipamentos de perfuração, equipamentos para movimentação de carga e pessoas e equipamentos de concreto. As marcas foram avaliadas por profissionais, especialistas e companhias usuárias de máquinas ocorreu entre os meses de julho e outubro deste ano.
 
A premiação procura prestigiar o que está sendo feito pelo mercado e estimular a continuidade dos investimentos e das atividades do pós-venda, a fim de elevar, ainda mais, a qualidade dessa área no país. Isso porque os equipamentos são submetidos a esforços e regime de trabalho intensos, que exigem um manutenção preventiva e regular, antecipando qualquer dificuldade, com o objetivo de não deixar a máquina parada. Assim, a capacidade de oferecer essa tranquilidade e essa garantia aos usuários é um diferencial, além de ser uma fonte de receita para o negócio.
 
Para a entrega da homenagem, foram avaliados os quesitos a localidade e a estrutura de pós-venda da marca, a facilidade do contato inicial, a qualidade no atendimento em campo, a entrega técnica e o treinamento de operação, a disponibilidade de peças de reposição e se o profissional recomenda a marca avaliada para um amigo.

Postado em Núcleo Jovem

Nenhum comentário

novembro 10 , 2017

Venda de máquinas deve se recuperar em 2018

O mercado brasileiro de equipamentos para construção deve se recuperar no próximo ano. Segundo o Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, a estimativa é que em 2018, haja uma retomada nas vendas de máquinas, com uma alta de 7,9% ante 2017. Se essa perspectiva se comprovar, será o primeiro ano com crescimento desde o início da crise econômica. 

De acordo com dados do Estudo de Mercado, a linha amarela – equipamentos de movimentação de terra –deverá apresentar um crescimento de 8%, as demais categorias de equipamentos, que incluem incluindo gruas, guindastes, compressores portáteis, plataformas aéreas, manipuladores telescópicos e tratores de pneus, deve ter um aumento de 7,3%, e caminhões rodoviários usados na construção, uma alta de 8%.
 
              Foto: Reginaldo Ornellas 
 

Neste ano, o mercado de máquinas já indica uma leve recuperação, por meio de algumas famílias que deverão obter dados positivos em termos de comercialização, como por exemplo, caminhões fora de estrada (150%), motoniveladoras (56%), plataformas aéreas (38%) e gruas (25%). 

No entanto, o setor da construção e a área de infraestrutura ainda não foram impactados de forma significativa pelo início da recuperação econômica, que já é percebido em outros segmentos da economia. Por esse motivo, o total nas vendas de equipamentos deve ter uma nova queda de 15% ante 2016, o que significa que serão comercializadas 12,1 mil unidades neste ano contra 14,4 mil unidades no ano anterior. 

Para a linha amarela, o Estudo Sobratema projeta uma diminuição nas vendas de 9% em 2017 em relação a 2016. Os equipamentos com menor retração estimada são as pás carregadeiras (queda de 5%) e as minicarregadeiras (9%). As miniescavadeiras terão a maior queda, com 32%.

Postado em Inteligência de Mercado, Revista M&T

Nenhum comentário

novembro 01 , 2017

Infraestrutura deve alavancar mercado global de máquinas de pavimentação

O mercado mundial de equipamentos para pavimentação de concreto deve expandir em média 3,69% ao ano até 2021. O cálculo foi realizado pela Research and Markets, empresa especializada em pesquisa de mercado sediada em Dublin, Irlanda.
 
            Foto: Revista M&T 
 
O movimento de ascensão esperado para o setor é consequência da crescente demanda por infraestrutura num mundo que se torna mais urbanizado a cada dia - de acordo com o Banco Mundial, a população urbana no planeta em 2015 já representava 53,85% do total e, segundo a ONU, até 2030, 70% da população mundial será urbana. 
 
Essa urbanização traz uma discussão sobre questões ligadas ao meio ambiente, locomoção de pessoas e moradia e, também, novas conceitos de espaços urbanos, como a Smart City, que incorpora o uso de tecnologia para melhorar a infraestrutura e torná-lo mais eficiente. Entre as tecnologias usadas, estão: Internet das Coisas, Big Data e Governança Algorítmica. 
 
O estudo avalia que o crescimento exponencial desse tipo de espaço urbano até 2025 será um fator que pode contribuir para a expansão do mercado de equipamentos para pavimento. Uma das tendências para os novos empreendimentos de infraestrutura que já pode ser encontrada ao redor do globo é o emprego do chamado "concreto inteligente", que incorpora alguns elementos diferentes em sua mistura, para trazer características especiais ao material. Um exemplo seria a adição de fibras de polipropileno, que podem contribuir para uma maior resistência ao fogo. 
 
Outras notícias sobre o mercado mundial de máquinas, novas tendências na área de equipamentos para construção estão todos os meses na Revista M&T.

Postado em Revista M&T

Nenhum comentário

First
Prev
Página 1 de 46
Next
Last

Av. Francisco Matarazzo, 404 Cj 401 Água Branca - CEP 05001-000 São Paulo/SP - Telefone (11) 3662-4159 - Fax (11) 3662-2192 - sobratema@sobratema.org.br

Loading