Associação Brasileira de Tecnologia
para Construção e Mineração

Webinar da Sobratema apontará caminhos para manter a competitividade no atual cenário do mercado de máquinas

O Webinar O Momento do Setor de Máquinas na Construção – Os fatos que impactam o mercado, promovido pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), no dia 20 de maio, a partir das 15h00, vai debater as questões que estão interferindo na previsibilidade do plano de negócios das empresas e, consequentemente, na produtividade das operações e na rentabilidade das obras. A transmissão será feita pelo Canal da Sobratema no YouTube.

Segundo Paulo Oscar Auler Neto, vice-presidente da Sobratema, a pandemia da Covid-19 acarretou em paralisações e redução da jornada de trabalho no mercado de equipamentos. Como resultado, houve a diminuição da capacidade de produção das fábricas e de toda a cadeia, desde insumos até subfornecedores. “Em um primeiro momento, a indústria não consegue atender à demanda até que toda cadeia esteja novamente reestruturada e capacidade para reagir neste novo cenário. A retomada, portanto, é lenta, e como consequência, quando existe escassez de produto, acarreta em aumento nos preços dos produtos, afetando os orçamentos relacionados ao insumo e/ou equipamento, mas também aos custos gerais da obra”, explica.

Esse cenário atípico descrito pelo vice-presidente da Sobratema é o que está ocorrendo nos últimos meses no setor da construção de um modo geral, incluindo a área de máquinas e equipamentos. “Além dos prazos de entrega estarem extremamente dilatados, alguns fornecedores não garantem o preço da negociação inicial na data de entrega do equipamento, ou seja, ao se comprar um equipamento não se tem certeza do prazo em que será entregue nem o preço final”. Assim, os usuários que prescindem de equipamentos a curto prazo têm duas opções: mercado de usados, também valorizado e escasso, e o mercado de locação.

Essa imprevisibilidade pode levar, em uma situação mais drástica, ao cancelamento de contratos, provocando prejuízos para todos os envolvidos. Outra questão é que, pela falta de definição clara em relação ao valor dos insumos, as empresas adicionam um fator de segurança nos preços ao apresentar a proposta para a execução de uma obra. “No final da cadeia, o resultado passa ser apenas um: o aumento de custos”, pontua Auler Neto.

Outro ponto a ser debatido no Webinar da Sobratema é a taxa de juros, que impacta na capacidade das empresas em investir, pois atualmente poucas companhias utilizam capital próprio nessa operação. No evento, estão confirmadas as avaliações de Alexandre Bernardes, presidente da Câmara Setorial de Máquinas Rodoviárias (CSMR) da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq); Amadeu Martinelli, executivo da área de gestão de frotas e equipamentos da Camargo Corrêa Infra; Jordão Pinto Coelho Duarte, diretor de Operações da Skava-Minas; e José Henrique Castro, diretor da Lokaminas Equipamentos.