Associação Brasileira de Tecnologia
para Construção e Mineração

Cenário macroeconômico é tema da reunião do Reformar para Mudar

O Grupo Reformar para Mudar realizou a sua primeira reunião presencial depois da pandemia no dia 27 de outubro. O encontro contou com a apresentação do cenário macroeconômico e perspectivas da economista-chefe do Banco Inter, Rafaela Vitoria. “A recuperação da atividade desacelera, e após crescimento do PIB de 5% em 2021, deve ficar próximo de 1% em 2022. Além disso, a inflação mais alta no curto prazo é o principal risco”.

Além disso, Rafaela destacou que o risco fiscal deteriorou com a proposta de alteração no teto de gastos e o cenário externo de alta da inflação com gargalos de oferta e possível retirada de estímulos também é fator de risco.  Por fim, avaliou que o setor de construção mostra sinais positivos de reação, mas ainda em patamares bem aquém dos apresentados em 2014.

A condução do encontro foi realizada pelo presidente do Secovi-SP, Basílio Jaffet e o presidente da Abrainc, Luis França. Participou também Caio Portugal, presidente da Aelo, que atualizou os participantes sobre os desdobramentos das questões como APP em áreas urbanas consolidadas no Senado e Lei Geral de Licenciamento Ambiental. A Sobratema participa dessa iniciativa.

Quem participa

O Movimento Reformar para Mudar reúne 34 entidades empresariais entre as quais o SindusCon-SP:

Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios do Estado de São Paulo)

ABCON (Associação Brasileira das Concessionárias Privadas de Serviços Públicos de Água e Esgoto)

Abemi (Associação Brasileira de Engenharia Industrial)

Abifer (Associação Brasileira da Indústria Ferroviária)

Abrainc (Associação Brasileira das Incorporadoras)

Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers)

Abrasip (Associação Brasileira de Engenharia de Sistemas Prediais)

Abrinstal (Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações)

ACSP (Associação Comercial de São Paulo)

Adit (Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil)

ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil)

Aelo (Associação das Empresas de Desenvolvimento Urbano)

Apeop (Associação para o Progresso de Empresas de Obras de Infraestrutura Social e Logística)

AsBea (Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura)

Alshop (Associação Brasileira de Lojistas de Shopping)

Brasinfra (Associação Brasileira dos Sindicatos e Associações de Classe de Infraestrutura)

CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção)

Cofeci (Conselho Federal dos Corretores de Imóveis)

Deconcic/Fiesp (Departamento da Indústria da Construção e Mineração da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo)

Fiabci-Brasil (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias)

IE (Instituto de Engenharia)

Sciesp (Sindicato dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo)

Secovi-SP (Sindicato da Habitação)

Sinaenco (Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva)

SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo)

Sinicesp (Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo)

Sinicon (Sindicato Nacional da Indústria da Construção Pesada)

Sobratema (Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração)

SRB (Sociedade Rural Brasileira)

Com informações do Sinduscon-SP