Associação Brasileira de Tecnologia
para Construção e Mineração

BLOG SOBRATEMA

Publicado em 18 de fevereiro de 2019 por Mecânica de Comunicação

Sistemas hidráulicos de máquinas com fluidos biodegradáveis são viáveis 

As escavadeiras e tratores usados na construção civil funcionam por meio de sistemas hidráulicos responsáveis pela movimentação do equipamento e também pela operação do braço e da caçamba, fundamentais no trabalho com movimentação de terra e outros materiais. A questão ecológica, cada vez mais presente, impulsiona o desenvolvimento de combustíveis sustentáveis e também de fluídos biodegradáveis aptos a integrar os sistemas hidráulicos de movimentação de escavadeiras e outras máquinas.   

Fluidos hidráulicos biodegradáveis representam uma solução aceitável para princípios ecológicos, pois não são tóxicos para organismos vivos e não são poluentes para água, solo e ar. Isso é importante, pois muitas máquinas hidráulicas são usadas em atividades do agronegócio, como tratores para cultivo de solos e escavadeiras em serviços de carregamento vegetal. Além disso, os fluidos biodegradáveis são economicamente viáveis, pois o valor agregado está atrelado à vida útil do fluido, redução de impostos por políticas ecologicamente corretas e ausência de multas por acidentes relacionados a vazamentos de óleo na água ou no solo; vale lembrar também que fabricantes que empregam medidas sustentáveis são valorizados no mercado.         

Estudos acadêmicos brasileiros já desenvolveram com sucesso protótipos de sistemas hidráulicos com fluidos biodegradáveis. Dada a grande variedade de materiais sustentáveis, recomenda-se que a escolha do líquido deve sempre atender os requisitos listados no projeto inicial da máquina. A seleção dos componentes hidráulicos, como filtros e reservatórios, também deve estar adequada ao projeto e ao fluido escolhido.  Também é recomendado que o desenvolvimento de novos sistemas seja acompanhado por estratégias de monitoração do comportamento dos fluidos, comparando métodos de análise quando possível e sempre realizando análises quantitativas.  

Mais detalhes sobre o protótipo foram apresentadas na tese de mestrado Sistematização de Circuitos Hidráulicos Com Emprego de Fluidos Biodegradáveis, de autoria de Yesid Assaf Mendoza, com orientação de Victor de Negri e Hubertur Murrenhoff e aprovada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).    
   

}